O maior plágio de ilustradores do mundo

Uma coisa a gente tem que admitir: piratas maledicentes e usurpadores de propriedades autorais têm culhões. Somente alguém que não tem medo do desconhecido e de uma multidão em fúria faria uma coisa dessas.

Saiu no blog Drawn.

Já piratearam ovos, iPhone, carros, até a Disneylândia. E agora eles piratearam um catálogo completo de ilustradores.
Não um, nem dois, nem vinte. Mas dezenas e dezenas de ilustradores que tiveram suas ilustrações usadas nesse catálogo chinfrim sem autorização. Não contei, mas arrisco a dizer que chegam a quase 100 as vítimas dessa larapiedade.

O crime se chama Colorful Ilustration 93ºC e custa mais de 100 doletas.

Tem gente de peso, como Luc La Tulippe, Eboy, e tem até brasileiros, como o Ademas Batista. Todo mundo roendo a perna da mesa de raiva.

Pra quem duvidar, aqui vai uma página com todas as páginas do livro fotografadas.

O mais safado dos piratas amarelos pode dizer que eles estão divulgando a arte do ilustrador, que é bom pra ele, como acontecem com algumas publicações por aí. Pura balela, discurso escapista de pilatra pirata. Por 100 dólares, alguma coisa deveria retornar no bolso do artista, e não enriquecendo cofres imundos de fuligem e gordura de pato.