Revista Ilustrar 17 pra você, meu amiguinho

Já está disponível para download de graça, ou seja, não pergunte onde você pode comprá-la – a indefectível Revista Ilustrar 17, clique aqui nesse link para teleportar esse acepipe de e para ilustradores em seu ordenador. Agradeçam a graça ao Ricardo Antunes pela graça conseguida.
Ilustrar17
Comecem a leitura pelas colunas do Brad Holland e sua tara ictiofílica e a coluna do Alarcão, falando sobre a praga da ansiedade juvenil, aquela que faz ilustradores venderem o seu maior bem por 3 feijões mágicos, que não final não são nem feijões nem mágicos, mas cocô de cabrito.

Antunes conseguiu entrevistar o ilustrador de um dos ícones dos anos 80, Derek Riggs, a mão por trás do Eddie do Iron Maiden. A gente, que  já virou tiozão, lembra com lagriminha nos olhos a época em que as ex-namoradas ainda eram esbeltas e o joelho não doía de subir escada.

Tem coisa pra caramba que não vou ficar falando em duplicidade, baixe a revista e refestelem-se.

Mas antes, duas coisas: sou fãzaço do trabalhos desses dois que estão na revista:
Santoloco
Mateus SantoLouco desenha pra caralho!
Mariobag
Mário Bag  desenha pra caralho! Aliás vai ser dele o pôster do IlustraBrasil 7.

Revista Ilustrar 15

Mais atrasado que menstruação de garota grávida venho anunciar que Ricardo Antunes lançou mais uma fornada da nova edição da Revista Ilustrar, a nº15. Embora muitos insistam, ela ainda é de graça pra download (chega a ser divertido, se muitos não lêem instruções para um download imaginem o que não fazem antes de assinar um contrato?).
Ilustrar15
Dessa vez mais grosso, volumoso e pulsante, com 101 páginas, trazendo a miríade de astros ilustres – Francis Vallejo, que nada tem a ver com o Boris, a arte fantástica do Carlos Araújo, Roger Cruz, o ex-Fantástico Juarez Machado, hoje com um trabalho muito mais delicado, expressivo e delicado, isso entre outras coisas que nem menciono porque, imaginem, tem que ler. O artigo do Alarcão sobre começo de carreira, mercado de trabalho e portfólio é azeite verde, mas eu sou suspeito pra falar porque sou fã tatuado do cara.

Revista Ilustrar # 14 e avante

Saiu no começo do ano a edição número 14 da indefectível mas não menos impressionante Revista Ilustrar, que custa módicos O reais pra download mas mesmo assim tem um valor inestimável. Acendam uma vela para Ricardo Antunes, o pai da criatura.
Ilutrar14
Nesse número, como sempre, uma miríade de ilustradores quebra-queixo-cata-caco. Dentre eles, Fernando Vicente e suas garotas esguias e risonhas, que inveja, e os sketches cheios de aquarela e tipografia do Marcelo Valverde, com imagens de arrancar a essência vital do seu ser e se sentir um pequeno invertebrado criativo ao lado dele – sua mãe devia misturar aquarela em sua mamadeira, é um Garrincha da ilustração (veja que o poder dos adjetivos é infinito em sua sabedoria ou em sua enfadonheidade, se for mal utilizado).
valverde
Tem também os textos do Brad Holland sobre os retratos que eram pintados nos sarcófagos das múmias dos classe média no antigo Egito – quem for pra NY visite o Museu Metropolitan durante uns dois dias e fique embasbacado com essas pinturas, e parar pra pensar que os antigos egípcios não eram como Richard Burton e Elizabeth Taylor, mas mais bonitos e morriam mais jovens, e também um puta texto do Alarcão sobre concursos e direitos autorais, pra fazer qualquer ilustrador mais zumbificado tomar a pílula vermelha.

Isso e muito mais, como diz a propaganda de chapinha que passa na madrugada.