O sono criativo by John Cleese

Durante meu período no estaleiro físico-químico, eu chorava as pitangas com o Kako. Num desses papos, ele me enviou um link do Youtube com uma palestra magnífica do John “Monty Pythom” Cleese, britanicamente velhinho e digno, falando de algumas coisas, entre eles sobre a importância do sono no processo criativo, do descanso e da imposição do limite de trabalhar, além da importância de não ser interrompido durante esse processo. Graças ao André Valente, lembrei novamente desse vídeo e hoje até parece que ele fez isso de encomenda para esta pessoa que vos digita.

Tá em inglês sem legenda, mas vale a pena fazer um esforcinho pra entender, vai ser Gatorade pra cérebros cansados.

4 thoughts on “O sono criativo by John Cleese

  1. Obrigado por compartilhar esse vídeo! É realmente inspirador, e nem tão difícil de entender, já que ele fala pausadamente para a plateia belga. Só uma observaçãozinha: Monty Python, com N no fim.

  2. Muito interessante o vídeo. Agora ficou até mais claro para mim os motivos reais de eu não conseguir desenhar nos encontros que fazemos pelas ruas: os papos e as conversas são tão interessantes que eu mesmo me deixo interromper e não consigo entrar no meu estado mental para desenhar, mas quando estou sozinho (como na hora de ir embora), minha mente começa a trabalhar e sempre sai coisa boa quando o lápis encontra o papel.

    Esse negócio de dormir para clarear as idéias é a mais pura verdade. Já me peguei em diversos desafios/dilemas que foram solucionados depois do sono e, para o meu espanto, aquela barreira intransponível não passava de um montinho de areia.

    Precisamos mesmo dos nossos pequenos oásis de silêncio criativo.

    Um super abraço,

    tio .faso

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>