Fazer, refazer, desfazer para fazer de novo só dá merda.

Michael Jackson fez 50 anos há pouco tempo, e a cada ano ele deve ter mais vontade de voltar a ser criança ou de voltar no tempo pra desfazer o acidente de carro que virou seu rosto.

Essa imagem é como seria o Michael Jackson se ele tivesse seguido o plano original. Pelos poderes do Photoshop, até que ele seria um tipo simpático e bem-apessoado, quase a ser um Morgan Freeman da vida, daqueles sujeitos que dão vontade de pagar um café pra bater um papo furado.

O que tem a ver Michael Jackson com ilustração? Na verdade nada, tirando a desculpa tosca do uso do Photoshop. Mas tem a ver com publicidade e como anda a situação corda-bamba entre cliente e agência. Ilustradores que trabalham para o mercado publicitário, como eu, sabem que a cada dia que passa as pessoas, em ambos os lados da tabela, ficam mais politicamente corretas, mais burocratizadas e por que não, mas burras.

Esse filminho já conhecia há algum tempo, mas acho que muita gente não conhece:

Pode parecer exagerado, e é, mas o triste é que era MENOS exagerado há alguns anos atrás, e hoje vai ser ainda menos exagerado comparando daqui a dois ou três anos.

Agora, troque a placa “STOP” pelo rosto original do Michael Jackson, onde o próprio Michael Jackson é o cliente e o médico é o atendimento.

Tchamtcham.

3 thoughts on “Fazer, refazer, desfazer para fazer de novo só dá merda.

  1. Oi, Hiro;

    Adorei esse post – essa foi uma das razões de que não ter feito P&M na faculdade – jamais tive paciência para isso :o)

    Bill Melendez se foi – achei que você fosse fazer um postzinho sobre o assunto.

    Bjs
    Suzana

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>